Aldo Rebelo usa dados falsos sobre golpe de 64, Copa e Amazônia

Aldo Rebelo usa dados falsos sobre golpe de 64, Copa e Amazônia

A Agência Pública, em seu projeto de checagens de fatos – Truco, analisou as afirmações do pré-canditato pelo Solidariedade, Aldo Rebelo, em entrevista concedida à BBC Brasil, em 14 de maio.

Sobre a Lei Florestal, além de afirmar que na Conferência do Clima, na ONU (COP 21, realizada em Paris, no ano de 2015), “todas as ONGs elogiaram [o Código Florestal] como sendo o fiador do Brasil para cumprir as metas do clima”, mesmo com diversas instituições questionando a constitucionalidade da Lei no STF, o presidenciável afirmou que “[O Código Florestal] é a lei mais rigorosa do mundo.”

As leis são fatos históricos, existem e devem ser analisadas em consideração ao contexto social, ambiental, político e econômico do momento em que vigoram. Seria necessário todo o levantamento desses contextos para se apurar que um determinado país tem a lei mais rigorosa do mundo em um determinado tema. “Um país não ter reservas legais ou áreas de proteção permanentes especificadas em lei não quer dizer que ele não tenha áreas de proteção e outras formas de fazê-lo”, conforme pontuado por Roberta Del Giudice, secretária executiva do Observatório do Código Florestal.

Além da dificuldade de análise comparativa do grau de proteção, temos a questão da efetividade, se a lei é observada em campo. “Não adianta nada ter uma lei rigorosa e não aplicá-la.”

Leia no link a integra da reportagem: https://apublica.org/2018/06/truco-aldo-rebelo-usa-dados-falsos-sobre-golpe-de-64-copa-e-amazonia/